Continuando nossa cobertura da semana de moda mais badalada do momento, vamos ver o que rolou nessa segunda-feira que contou com 5 desfiles.


A primeira marca a pisar na passarela foi a Huis Clos, esse foi o desfile com maior tom de mistério até agora, seja por conta das máscaras que as modelos usaram ou a trilha musical bastante intrigante. Em relação aos looks, as cores predominantes foram o preto e o cinza, a utilização de tecidos sintéticos e alguns fluidos como seda, também foram pontos marcantes.


Outro desfile bastante aguardado era o da Maria Bonita, a inspiração das estilistas foram os trabalhadores que ajudaram a construir Brasília, por isso vimos muitos macacões na passarela. Os tons terrosos foram destaque, as duas combinações que mais chamaram atenção foram o marrom + bege e o marrom + roxo. Os macacões trouxeram bastantes costas de fora e nos pés os oxfords marcaram presença.


Ronaldo Fraga foi quem mais trouxe cores fortes à passarela, as estampas geométricas e os tons laranja e azul chamaram atenção. A mistura de materiais como placas de azulejo foi outro destaque. Nos pés, as ankle boots mais uma vez aparecem como tendência forte para esse inverno.


V.Rom entrou na passarela trazendo modelos que marcaram a história da marca e da semana de moda paulistana, com relação as roupas o destaque foram as calças e bermudas com tecidos bem soltos e a mistura de estampas, como o xadrez.


Fechando a noite o comentado desfile da marca Reserva trouxe sofisticados looks masculinos, os usuais blazers e coletes vierem com tudo. Sobretudos de crochê, listras na vertical, e muito xadrez marcaram o último desfile da segunda-feira.

Fotos: http://estilo.uol.com.br/

– Equipe Anita Online

Compartilhe nas redes:

calçados mais vendidos

Receba novidades, ofertas e dicas de tendências